quarta-feira, 8 de agosto de 2012

A história de Nobuyuki Tsujii, pianista cego e com síndrome de Down


Nobuyuki Tsujii
Nobuyuki Tsujii nasceu em 13 de setembro de 1988. É um pianista e compositor japonês que compartilhou seu primeiro prêmio com Haochen Zhang, da China, no XIII Concurso Internacional de Piano em 2009.
Nobuyuki Tsujii nasceu cego, mas era dotado de grande um talento para a música. Na idade de dois anos, começou a tocar Jingle Bells em um piano de brinquedo depois que ouviu sua mãe cantarolando a melodia. Iniciou seus estudos de piano formal na idade de quatro anos.
Em 1995, com a idade de sete, Tsujii ganhou o primeiro prêmio na música de Associação Japonesa Helen Keller para alunos cegos.
Em 1998, aos 10 anos, estreou com a Orquestra de Osaka. Ele deu o seu primeiro recital de piano no salão pequeno da Suntory Hall em Tóquio, aos 12 anos.
Ele fez sua estreia no exterior com apresentações nos Estados Unidos, França e Rússia. Em outubro de 2005, chegou à semifinal e recebeu o Prêmio da Crítica no 15º Concurso Internacional de Piano Chopin, em Varsóvia, na Polônia.
Em abril de 2007, Tsujii ingressou na universidade de música e graduou-se em março de 2011. Tsujii competiu na Van Cliburn Piano em 2009 e ganhou medalha de ouro com Haochen Zhang. Ele também foi agraciado com o Prêmio Beverley Taylor Smith pelo melhor Desempenho.  Tsujii foi um dos concorrentes de forma proeminente no filme documentário sobre a competição Van Cliburn, 2009, “Uma surpresa no Texas”, que foi transmitido pela primeira vez na televisão PBS em 2010.
Além de ser um pianista, Tsujii é também um compositor. Aos 12 anos, ele realizou sua própria composição “O canto da rua”, em Viena.
Em 2010-2011, ele compôs a música-tema para um filme japonês, bem como um drama da televisão japonesa.
Comentários sobre Tsujii
No documentário “Uma surpresa no Texas”, Van Cliburn jurado e um exímio pianista, disse: “Tenho a maior admiração por Nobuyuji. Deus tomou seus olhos, mas lhe deu o dom físico e mental para investir no piano. Ele tocou o concerto de Chopin com tal doçura, mansidão e sinceridade, é profundamente comovente. Eu não conseguia parar de chorar quando saí da sala. “
John Giordano, diretor musical de Orquestra Sinfônica,  que presidiu o júri do concurso Cliburn, disse em 2010: “Ele é incrível. Nós fechamos nossos olhos e é tão grande que é difícil conter as lágrimas. Nobuyuji tocou a maior parte de Hammerklaiver Sonata nº 20 sem problemas. Para qualquer pessoa, é extraordinário. Mas, para alguém que aprendeu de ouvido é incrível.”.

3 comentários:

  1. Este é um perfeito pianista pois,nele está o dom de Deus.

    ResponderExcluir
  2. Have you met Mr. Nobuyuki Tsujii in person? I have.
    Mr. Nobuyuki Tsujii *** DOES NOT *** have Down's Syndrome. https://sites.google.com/site/nobufans/nobuyuki-faq/faq---2

    ResponderExcluir
  3. Correção, o pianista é apenas deficiente visual e não tem síndrome de down.
    Valdenice/Blog Oásis da Educação Inclusiva.
    13\11\013.

    ResponderExcluir

Datas Vivenciadas em Dezembro

(1) Dia Mundial de Combate a AIDS FOCO NA LUTA CONTRA CONTAMINAÇÃO INFANTIL ( https://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_Mundial_de_Combate_%C3%...